Ex-piloto da Marinha dos EUA disse que tentou se aproximar de OVNI

Ex-piloto da Marinha dos EUA disse que tentou se aproximar de OVNI

O piloto aposentado da Marinha dos Estados Unidos, David Fravor, que afirma ter visto um dos OVNIs filmados em 2004, disse à rede de notícias americana CNN em 2017 que o objeto estava se movendo de forma irregular. Os vídeos com os objetos voadores não identificados foram divulgados esta semana pelo Pentágono

— Quando tentei me aproximar dele, ele rapidamente acelerou para o sul e desapareceu em menos de dois segundos. Era como uma bola de pingue-pongue quicando em uma parede — resumiu Fravor.

As gravações foram feitas por pilotos da Marinha americana. Uma delas, com imagem em preto e branco, é de novembro de 2004 e os outros dois, de janeiro de 2015. Eles já circulavam na Internet há algum tempo, principalmente depois de terem sido publicados pelo New York Times.

O Departamento de Defesa dos EUA explicou em comunicado que decidiu divulgá-los “para dissipar qualquer ideia falsa do público sobre a veracidade ou não das imagens transmitidas ou sobre saber se havia mais ou não”.

“O fenômeno aéreo observado nos vídeos ainda é classificado como ‘não identificado’”, acrescentou o governo americano.

Em um dos vídeos, pode-se ver como um objeto de forma alongada se move rapidamente e, alguns segundos depois de ser detectado pelos sensores da Marinha, desaparece após aceleração repentina. Em outro, um objeto é visto acima das nuvens, e o piloto da Marinha é perguntado no áudio da cabine se é um drone.

— Há um enxame (…) Meu Deus, todos estão contra um vento oeste de 120 nós! — diz seu parceiro de voo.

Em dezembro de 2017, o Departamento de Defesa reconheceu ter financiado até 2012 um programa secreto s para investigar avistamentos de OVNIs. Os vídeos, “FLIR”, “GOFAST” e “GIMBAL”, podem ser baixados do site Naval Air Systems Command.

Fonte:  extra.globo.com

Print Friendly, PDF & Email
%d blogueiros gostam disto: