Coronavírus: Para não ser julgada ao ir ao mercado com a filha, mãe cola cartaz na menina, explicando que não tem com quem deixá-la

Coronavírus: Para não ser julgada ao ir ao mercado com a filha, mãe cola cartaz na menina, explicando que não tem com quem deixá-la

MaryAnn Fausey Resendez, do Texas (EUA), diz que queria evitar qualquer constrangimento nessa época de quarentena

A adaptação a um cenário de pandemia não é fácil. E o coronavírus vem mostrando que muitas pessoas não estão sabendo lidar com essa nova realidade. Recentemente, uma mãe, do Texas (EUA), levou sua filha de 5 anos ao supermercado, com um cartaz pendurado nas costas dela. O intuito era explicar que não tinha nenhum adulto para ficar com a menina e por isso ela estava indo acompanhada à loja. “Eu tenho 5 anos. Eu não posso ficar em casa sozinha, eu tenho que ir ao mercado com minha mãe”, dizia o cartaz.

MaryAnn Fausey Resendez fez um post mostrando a situação e explicando que isso era uma forma de evitar julgamentos. A postagem chamou a atenção do público e teve mais de 43 mil compartilhamentos e 6 mil curtidas.  Algumas pessoas apoiaram a atitude da mãe e outras disseram que levar a criança ao mercado é muito perigoso. Assim, as mães solo deveriam recorrer a voluntários para fazer as compras.

Sasan Andrew comentou nas redes sociais que passou pela mesma situação de MaryAnn Fausey. Ela  levou a filha ao supermercado e foi parada pelo gerente que lhe disse que, na próxima semana, só iria permitir a entrada de uma pessoa na loja. Ele disse que a filha dela já poderia ficar em casa sozinha, pois tinha 12 anos. No entanto, segundo Sasan, isso não era possível, devido a razões médicas.

Em alguns países, a recomendação é que apenas um membro da família faça as compras, para evitar a contaminação. No entanto, mães solo, por exemplo, acabam ficando à margem dessas regras. De acordo com o site Bored Panda, a empreendedora Izabel Arnold, que também comentou o post viral, é um dos exemplos. Ela parou de frequentar a casa dos pais e a creche da filha está fechada. Dessa forma, ela precisa cuidar da menina sozinha o dia inteiro.

Fonte: revistacrescer.globo.com

Print Friendly, PDF & Email
%d blogueiros gostam disto: