Aumento de vendas no Natal

Aumento de vendas no Natal

MAIOR AUMENTO DE VENDAS NO NATAL EM SEIS ANOS

O varejo brasileiro está animado com a previsão de vendas natalinas deste ano. O setor deve ter o maior crescimento de comercialização desde 2013, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A estimativa é arrecadar R$ 35,9 bilhões, ou seja, 4,8% a mais do que em 2018. Esse percentual, na principal data para o comércio, não é registrado há seis anos, quando houve aumento de 5% nas vendas de fim de ano. Os motivos apontados para a previsão otimista são a inflação baixa, maiores prazos de crédito para o consumidor, liberação de recursos como o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) e Pis/Pasep e a leve melhora no mercado de trabalho.

Conforme a CNC, quanto ao FGTS o resultado é artificial, mas ainda assim positivo. Os recursos extras são comemorados também pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping, que tem cerca de 35 mil associados. Isso porque, com os benefícios, consumidores endividados poderão abater suas dívidas voltando ao mercado de financiamento, enquanto parte dos que não tinham dívidas vai ter uma renda extra, o que impulsiona a vontade de comprar.

EMPREGOS

Outro reflexo da previsão otimista abrange a contratação de empregados nos últimos meses do ano. Em 2018 foram 500 mil vagas temporárias entre setembro e dezembro. Já para este ano, a estimativa da Associação Brasileira do Trabalho Temporário é de 570 mil vagas, sendo 160 mil apenas neste mês.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: